Eu quero você pra topar qualquer coisa, em qualquer lugar e a qualquer hora comigo.
Eu sei que escrever sobre o que estou sentindo me tornaria muito vulnerável, mas nem pra isso eu ligo mais. Nunca imaginei dentro da minha mesmice, encontrar alguém que me tirasse de foco desse jeito. Primeiramente parabéns. Você conseguiu me fazer correr uma maratona de zilhão de quilômetros para te encontrar na linha de chegada. Eu espero ansiosamente pela vez que chegue à última curva e você esteja lá, sorrindo e todo sem graça. Quer saber a verdade? Eu não posso te perder. Demorei anos para ter essa certeza, a certeza mais bem decidida que já tive: a vida se torna inútil quando você não está comigo. (MERDA). Não sei nem direito o que escrever, o que pensar, o que fazer. Minto, o que fazer eu sei: lutar por você. Escrever também sei: sobre você. E todos os outros verbos podem ser justificáveis: você, você e você. Estou naquela fase de te manter o mais perto possível, de arriscar uma, duas, cem mil vezes se necessário. E sabe porque toda essa espera interminável valeu a pena? Porque ela finalmente terminou. Porque sem você não dá. Que não nos falte a companhia um do outro, a cumplicidade um do outro e principalmente o amor um do outro. Fim (do texto), mas o começo entre nós.

Pra você. Ruand-espreparado   (via d-espreparado)

Eu sei que escrever sobre o que estou sentindo me tornaria muito vulnerável, mas nem pra isso eu ligo mais. Nunca imaginei dentro da minha mesmice, encontrar alguém que me tirasse de foco desse jeito. Primeiramente parabéns. Você conseguiu me fazer correr uma maratona de zilhão de quilômetros para te encontrar na linha de chegada. Eu espero ansiosamente pela vez que chegue à última curva e você esteja lá, sorrindo e todo sem graça. Quer saber a verdade? Eu não posso te perder. Demorei anos para ter essa certeza, a certeza mais bem decidida que já tive: a vida se torna inútil quando você não está comigo. (MERDA). Não sei nem direito o que escrever, o que pensar, o que fazer. Minto, o que fazer eu sei: lutar por você. Escrever também sei: sobre você. E todos os outros verbos podem ser justificáveis: você, você e você. Estou naquela fase de te manter o mais perto possível, de arriscar uma, duas, cem mil vezes se necessário. E sabe porque toda essa espera interminável valeu a pena? Porque ela finalmente terminou. Porque sem você não dá. Que não nos falte a companhia um do outro, a cumplicidade um do outro e principalmente o amor um do outro. Fim (do texto), mas o começo entre nós.

Pra você. Ruand-espreparado   (via d-espreparado)

tô com vontade de você…

moan-s:

Stay <3


@ acumulou